Rodrigues Alves-Com o plantio consorciado, prefeitura fortalece e diversifica produção agrícola

Com o modelo de ‘Plantio Consorciado’, a Prefeitura de Rodrigues Alves está fortalecendo a produção agrícola do município, levando diversidade nos tipos de plantio e proporcionando um aumento na lucratividade do produtor. O prefeito Sebastião Correia esteve junto com a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura visitando o resultado dos investimentos, nas áreas onde os agricultores usaram os novos métodos de plantio.



“Esse é o incentivo que buscamos oferecer para esses produtores desde o início da nossa gestão, para diversificar os plantios de macaxeira e das outras plantas também”, destacou o prefeito O plantio consorciado consiste na plantação de diversos tipos de culturas na mesma área, sendo uma alternativa para o agricultor, que promete aumentar a renda, com o cultivo simultâneo, em que, não necessariamente, a semeadura ou plantio ocorram na mesma época. Na região, a tradicional cultura da mandioca está dando espaço a outras produções, como café, feijão, pimenta de cheiro, maracujá, batata, melancia, abacaxi, limão e graviola, como explicou o Secretário Municipal de Agricultura, Jairo Araújo.


“Nosso produtor rural plantava antes só macaxeira, era nosso cultivo, e hoje nós queremos diversificar, para que o produtor tenha todo mês sua renda para colocar a comida na sua mesa. A gestão do Prefeito Sebastião tem nos incentivado para chegarmos até o produtor e incentiva-los”, pontuou o secretário.


A forma consorciada do plantio permite uma interação biológica benéfica para todas as espécies cultivadas. Além disso, possibilita a otimização do uso de recursos ambientais.  João Paulo Nascimento é agricultor, e antes plantava apenas mandioca. Em uma área de aproximadamente meio hectare ele substituiu a roça pelo plantio de abacaxi. Na mesma área que antes conseguiu faturar R$ até 3 mil com macaxeira, agora terá uma lucratividade de até R$ 50 mil, com 25 pés de abacaxi.


“É uma parceria que deu certo. A nova geração chegou para diversificar, mudar a forma de produzir na terra. Estamos usando uma área bem menor e com um lucro muito maior. Como agricultor sempre tivemos essa vontade de trabalhar. Estamos trabalhando também com o consórcio do maracujá, e trabalhamos entre eles o plantio de limão, feijão, o café e a graviola, e esperamos tirar um bom resultado”, contou João Paulo.


Além desses investimentos, a prefeitura realizou um projeto piloto de criação de frango, onde foram doados 100 animais para um produtor para realizar o experimento, que deu certo. O objetivo da Prefeitura é investir ainda mais em áreas, proporcionando diversidade na agricultura.